História

Em 30 de janeiro de 1992, era fundada a Liga Imbitubense de Futebol. Milton Motta e Benigno Martins foram aclamados pelos clubes fundadores, presidente e vice respectivamente. Em 1994 após grande pressão dos clubes filiados, os mandatários da LIF abandonaram os cargos, deixando a Entidade em intervenção. Omar Nascimento Pacheco, em 17 de fevereiro de 1995, foi nomeado pela Federação Catarinense de Futebol delegado interventor. O mesmo candidatou-se e foi aclamado presidente da Entidade, junto com Mário César Magalhães na vice-presidência. Em 10 de março de 1997, o então vice-presidente Mário César Magalhães, assumiu o cargo de presidente, após Omar Nascimento Pacheco solicitar licença do Entidade. Por 12 anos Mário César Magalhães seguiu como presidente da LIF, até 17 de abril de 2009, quando Élson da Rosa Monteiro e Fabio Luiz Vieira da Rosa, assumiram a presidência da LIF, com mandato até 31 de dezembro de 2012. Porém em 9 de novembro de 2009 Élson da Rosa Monteiro se afastou do cargo, deixando o então vice, Fabio Luiz Vieira da Rosa na presidência até dezembro de 2010, quando o mesmo também se afastou do cargo. Para preencher o cargo de presidente da Entidade até o fim daquele mandato foi convocada uma nova Assembleia Eletiva, na qual os clubes votaram e decidiram por Adilson Pedro Teixeira, para assumir a presidência, até 31 de dezembro de 2012. Como Adilson não convocou uma Assembleia Eletiva para a gestão 2013-2016, a Entidade se viu novamente em intervenção, até o dia 13 de junho de 2013, quando o presidente da FCF decretou novamente o Sr. Omar Nascimento Pacheco, como Delegado Interventor, e com a incumbência de realizar eleições na LIF, no prazo de 90 dias. Em 22 de julho de 2013, aconteceu a Eleição que elegeu Jardel Guimarães Gonçalves e Júlio César Magalhães, para presidente e vice-presidente da Entidade, até o dia 31 de dezembro de 2016. No dia 1º de abril de 2016 a Diretoria da Liga esteve reunida para deliberar sobre o pedido de afastamento definitivo do Presidente Sr. Jardel Guimarães Gonçalves, pois o mesmo iria concorrer ao cargo de vereador nas Eleições Municipais de 2016. Com isso, o vice-presidente Sr. Júlio César Magalhães, assumiu o cargo de Presidente, até o dia 31 de dezembro de 2016, quando irá encerrar o mandato 2013/2016. Em 02 de outubro de 2016, 90 dias antes do término do mandato, aconteceu a Assembleia Geral Ordinária Eletiva, onde os quatro clubes com direito à voto: Paes Leme, Vila Nova, Sassafrás e Arroio; decidiram aclamar a chapa formada pelo então presidente Júlio César Magalhães, para o mandato 2017/2020. Em 02 de janeiro de 2017, em Assembleia Geral Ordinária, convocada especialmente, tomou posse da Nova Diretoria da LIF, para um mandato de quatro anos, encerrando no dia 31 de dezembro de 2020. Após buscar o registro das Atas de Eleição e Posse no Cartório de Pessoas Jurídicas da Comarca de Imbituba e não obtendo êxito, o Presidente Júlio César Magalhães ingressou com um pedido de Tutela Cautelar Antecedente na 1ª Vara de Imbituba solicitando o registro das atas de eleição e posse. Na decisão por sua vez, o juiz encarregado do processo, determinou que fossem cumpridos prazos para a diretoria da LIF reformar e atualizar o Estatuto Social, para somente após isto realizar novas eleições. No dia 05 de fevereiro de 2018, em Assembleia Geral Extraordinária, que contou com a presença dos clubes: S. R. Grêmio F. C., Paes Leme E. C., A. Arroio F. C. e Vila Nova A. C. a LIF apresentou e aprovou o novo texto do Estatuto Social da entidade. E em 09 de setembro de 2018, em Assembleia Geral Extraordinária, a LIF realizou eleições para o mandato 2018/2022, onde a chapa única inscrita presidida pelo Sr. Júlio César Magalhães foi eleita para administrar a LIF.